Artigo Recomendado

O poder do Açafrão

Entre os alimentos anti-câncer se destaca, por suas inúmeras propriedades, o açafrão.

Os mais incrédulos logo pensam! Não existe comprovação científica para tais alegações. Para vocês, incrédulos, deixo no final do texto as referências bibliográficas e de diversos estudos a respeito deste “remédio natural”, barato, acessível a toda a população e relegado até o momento. Será por quê? Mais uma vez a resposta não poderia ser outra: não pode ser PATENTEADO, por ser uma substância natural. Teria de ser algo sintético para dar mais lucro para os grandes laboratórios.

Deixando as reclamações de lado, vamos ao açafrão que interessa:

É popularmente conhecido por açafrão da Índia, “Turmeric”, Cúrcuma longa ou açafrão amarelo, pertencente a família do gengibre. No Brasil é extensivamente cultivada; em especial na minha morada Minas Gerais e no meu berço goiano(Goiás).
O Açafrão da Índia não deve ser confundido com o “Açafrão Verdadeiro”, que provem de uma flor de outra planta (Crocus sativus), utilizado também como tempero na culinária européia, muito caro e que não tem os benefícios terapêuticos da raiz do açafrão; de onde se extrai o componente principal: a curcumina.

É uma raiz que pode ser encontrada em qualquer mercado, a preços baixíssimos.

A cúrcuma tem sido utilizada na medicina Ayuverdica e na medicina tradicional da Índia, por centenas de anos e em diversas doenças. Vários tipos de câncer, como o de mama, cólon, próstata entre outros, têm uma incidência muito menor na Índia em comparação aos EUA. Diversos estudos mostram a importância da alimentação na redução e prevenção de câncer. O consumo regular do açafrão na Índia, confere proteção aos seus habitantes.

A cúrcuma tem diversos benefícios para a nossa saúde, que se eu fosse listar perderíamos o objetivo deste texto. Vão achar que é um “Pó Mágico”. Bom eu acredito e, portanto, vou me ater às suas propriedades anti-câncer e anti-inflamatórias.

A curcumina no câncer tem efeitos de inibir o crescimento tumoral; induzir a apoptose (suicídio) das células tumorais; inibir a neo-angiogênese( formação de novos vasos que “alimentam” o câncer) e, por tudo isso, reduz e até inibe as metástases( propagação das células cancerígenas pelo corpo).

A curcumina tem poder anti-inflamatório comparado ao dos corticóides; claro que sem os devastadores efeitos colaterais destes últimos, quando usados a longo prazo. Tenho experiência na melhora da inflamação, por exemplo, de pacientes com artrite reumatóide, com redução expressiva dos sintomas da doença. A curcumina inibe a cicloxigenase, importante via inflamatória. Então pode ser usada como “droga” anti-inflamatória com eficácia comprovada e de ótima tolerância( baixos efeitos colaterais)..

O uso isolado da curcuma, como terapia, pode não ter os efeitos desejados, pois diversos estudos mostram que ela é rapidamente metabolizada na sua passagem pelo fígado e, então, sua biodisponibilidade para as células fica drasticamente reduzida. Com isso, verificou-se que o uso da cúrcuma em conjunto com uma substância chamada de piperine, extraída da pimenta negra, aumenta sua ação em 150%.

Com este pequeno resumo, recomendo às pessoas saudáveis, o uso do açafrão como preventivo. Consumo diário de uma colher de chá ao dia que pode ser colocado no arroz, em caldos ou em saladas. Para quem está em tratamento ou já esteve em tratamento para o câncer, recomendo que procure informação junto a um profissional que saiba fazer o manejo da fitoterapia em forma de suplementação; pois a curcuma pode ser manipulada em cápsulas para uso terapêutico.

Nosso remédio está na despensa de casa e não na prateleira das farmácias.





Por: Dr. Telmo Diniz
from Liga da Saúde

11 comentários:

  1. Amei muito, tenho em meu quintal e vou aumentar a produção, muito bom mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Olha, é muito bonio, escrito ai, na prática, não acredito muito não, já fiz cada loucura procurando curar o Thales da Diabetes. Houve uma época que os cientistas disseram que amora curava, vixi, eu passava o dia colhendo amora, aé no cemitério e o coitado passava o dia comendo, não diminuia nada, só com insulina mesmo, até as famosas garrafadas eu tentei e finalmente entendi que não há confirmação cientifica pra nada disso. Hoje nem levo mais em cinsiderqção essas modinhas de alimentos, que vem e vão...

    ResponderExcluir
  3. Maria, você pode acreditar ou não, a escolha é sua. Neste mesmo site você encontrará inúmeros artigos científicos falando das propriedades do açafrão. Agora para se curar qualquer problema crônico degenerativo é preciso muito mais do que amoras... é preciso fazer uma dieta correta, complementação necessária e ativação do organismo.

    ResponderExcluir
  4. Muito, muito obrigado por tamanha informaçao.Todos nos devemos nos manter informados sobre os valores dos alimentos. O amor nos induz a passar tal informaçao, mesmo pq vivemos na era da comunicaçao.Por favor me mantem informada. Parabens e sempre tens sucesso no que depender de min. Mais uma vez obgdo. Bom trabalho.

    ResponderExcluir
  5. informação muito boa, gostei muito de saber e vou complementar a alimentação de toda minha familha.

    ResponderExcluir
  6. O Açafrão cura as cãimbras, além de muitas outras doenças, elimina até os radicais livres.

    ResponderExcluir
  7. O alçafrão é a mesma coisa que o curry ?

    ResponderExcluir
  8. Um dos ingredientes do Curry é a cúrcuma, um composto antioxidante retirado da raiz do açafrão. Você pode consumir o açafrão, a cúrcuma ou o curry. Eu particularmente uso o curry e a cúrcuma em todos os meus alimentos. O curry tem outros compostos além da cúrcuma que também fazem bem a saúde ;)

    abs
    Turi

    ResponderExcluir
  9. Estou usando o chá de açafrao para o figado. Estou me sentindo muito bem, melhorou muito a digestão , aquele inchaço causado pelos gases. A unica dificuldade é encontra-lo em raiz aqui em minas . Hoje comprei em pó.

    ResponderExcluir
  10. Nossa,estava com dor de gases no estomago,ingeri um pequeno pedaço , melhorou quase que imediatamente Adorei a matéria, não vou mais jogar fora minha produção do jardim.Ele nasce até em vasos.é só enterrar uma raiz logo vira muitas.

    ResponderExcluir